Enfrentar as desigualdades para vencer a pobreza

 

Sonho de preta conta

#SonhoDePretaConta

A websérie Sonho de Preta Conta é uma ação coletiva, fruto do projeto Hub das Pretas, envolvendo diferentes organizações e coletivos de jovens mulheres negras que atuam no combate ao racismo e sexismo.

Vídeos

Episódio 1: Angela

Angela Brandão Mendes, 21 anos, é membra da Articulação Nacional de Negras Jovens Feministas, do Acampamento de Feminista Interseccional e do Hub das Pretas SP.

Episódio 2: Sil Bahia

Sil Bahia, 32 anos, é diretora do Olabi, carioca, comunicadora social, Mestre em Cultura e Territorialidades pela UFF, co-coordenou o plano de comunicação do filme KBELA e é colaboradora da plataforma Afroflix.

Episódio 3: Helena

Helena Nisa da Rosa, 26 anos, carioca, panafricanista, mulherista, faz parte do coletivo semeando ubuntu, do Fórum de Juventude Negra e do Hub das Pretas.

Episódio 4: Letícia

Letícia Carvalho, 20 anos, pernambucana, ativista feminista negra periférica, ilustradora, integrante e fundadora do coletivo Faça amor, não faça chapinha e estudante de Pedagogia em educação do campo na UFPB.

Episódio 5: Isa

Isa Rodrigues, 28 anos, paulistana, grafiteira, artesã e oficineira de artesanatos, apresenta o programa voltado para mulheres do HipHop “Pinta Preta” na Rádio Comunitária Amnésia. Formada em Letras, participa do coletivo Cabelaço- PE e da Frente Nacional de Mulheres no Hiphop.

Episódio 6: Beatriz

Beatriz Andrade, 31 anos, formada em comunicação, cursando cinema, fotógrafa, blogueira e youtuber. Junto com o projeto Afroação faz formação em escolas sobre autoestima e questão racial para crianças e adolescentes.

Episódio 7: Ana Paula

Formada em design pela faculdade de Belas Artes de São Paulo, Ana Paula Xongani é influenciadora digital, sócio-fundadora e estilista da Xongani.

Episódio 8: Dyarley

Dyarley Viana, 32 anos, paraense, negra periférica, militante do movimento negro, Pedagoga por formação, Educadora popular por convicção e paixão, fez parte do Fórum de Juventude negra-DF, atua nas Organizações Inesc e Coletivo da Cidade, moradora da Cidade Estrutural.

Episódio 9: Charô

Charô Nunes é comunicadora, formada em arquitetura e urbanismo. Feminista interseccional e atleta amadora.

Episódio 10: Rita

Rita de Cassia, 19 anos, paulista, lésbica e ativista do movimento negro, integrante do Hub das Pretas e estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal fluminense.

Episódio 11: Érica

Érica Malunguinho, 35 anos, pernambucana, preta ativista, deseducadora, militante, guerreira e responsável pela Aparelha Luzia, um espaço de resistência negra no centro de São Paulo.

Episódio 12: Tauá

Tauá Pires, 36 anos, pernambucana, historiadora, educadora popular, carnavalesca e sonhadora. Integra a equipe da Oxfam Brasil.

São 12 vídeos que têm em média 2 minutos cada, com depoimentos de mulheres negras que reafirmam a necessidade de renovação de sonhos e utopias, mesmo em tempos difíceis.

Filmada em julho de 2017 durante o Festival Afrolatinas, maior evento da mulher negra da América Latina e Caribe, uma realização Odun Produções, Oxfam Brasil e Instituto Afrolatinas, em parceria com a Ação EducativaCriolaFaseIbaseInesc e Instituto Pólis, e apoio da Embaixada Britânica no Brasil.

 

 

 

Ficha técnica da websérie:

Direção: Viviane Ferreira
Roteiro: Viviane Ferreira e Larissa Fulana de Tal
Direção de Fotografia e Montagem: Larissa Fulana de Tal
Montagem e Finalização de Som: Ramires Ax
Arte Gráfica e Legendagem: Cassilia Carvalho
Revisão textual: Victor Hugo
Assistente de Produção: Michely Ribeiro

imagem do banner
Veja Também:
Cadastre-se
Receba nossa newsletter