Enfrentar as desigualdades para vencer a pobreza

Pobres são as principais vítimas das mudanças climáticas

Dia 5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente. Apesar de fazer o mínimo para causá-lo, os pobres de todo o mundo são as maiores vítimas das mudanças climáticas. A Oxfam está trabalhando para reduzir o impacto do aquecimento global de hoje e do futuro.

O problema

A vida já é uma luta nas comunidades pobres. Mas as mudanças climáticas estão dificultando muito as coisas. Secas e inundações estão se tornando cada vez mais frequentes, enquanto as estações de colheita estão cada vez mais imprevisíveis. Isso resulta em milhões de pessoas passando fome.
As pessoas que vivem na pobreza estão mais vulneráveis aos efeitos das mudanças climáticas por muitas razões. Elas são frequentemente forçadas a morar em casas improvisadas, em terras propensas a inundações, tempestades e deslizamentos de terra. Com todas as dificuldades que enfrentam, poucos têm economias para usar em casos de emergências. E quando os desastres acontecem, má alimentação, falta de saneamento e assistência médica geram doenças que se espalham rapidamente.

O que estamos fazendo

Reduzindo os riscos
Lutar contra as mudanças climáticas é uma parte vital do trabalho da Oxfam, especialmente porque elas ameaçam reverter muitos dos avanços feitos no combate à pobreza. Por isso, ajudamos as pessoas a entender e se adaptarem às mudanças que estão enfrentando reduzindo riscos.
Trabalhamos com as comunidades locais, reunindo as coisas que fazemos de melhor – ligando as pessoas ao apoio e às habilidades de que precisam para um futuro mais positivo e sustentável. Nós investimos em conhecimento, habilidades e recursos das comunidades pobres para não apenas lidar com um clima em mudança, mas também prosperar.
E empregamos algumas boas ideias e pensamentos inovadores para ajudar as pessoas a se adaptarem:
•    Na África do Sul, os agricultores estão plantando culturas de maturação mais rápidas, aproveitando ao máximo as chuvas esporádicas.
•    No Vietnã, as comunidades estão plantando manguezais densos ao longo da costa para difundir ondas de tempestade.

Campanhas
Nossas experiências com nossos parceiros no sul global são refletidas em nosso trabalho de campanha e lobby. Em todo o mundo, fazemos campanhas por ações justas e urgentes sobre mudanças climáticas que:
•    Reduzam as emissões para manter o aquecimento global abaixo de 1.5C.
•    Permitam que países e comunidades vulneráveis se adaptem às mudanças climáticas – incluindo um fundo internacional para o clima.
•    Promover um movimento global para uma economia de carbono zero.

Acreditamos que as mudanças climáticas podem ser combatidas e os desastres evitados se os líderes mundiais agirem juntos e agora.